Aguarde, carregando...

Campanha Educação Sanitária, um dever de todos!

Dia 27/04/2020

Educação Sanitária é a denominação dada à prática educativa que tem como objetivo induzir a população a adquirir hábitos que promovam a saúde e evitam doenças. A Educação Sanitária se faz fundamental em um contexto escolar como também em casa, para promover hábitos higiénicos necessários à manutenção da saúde e do bem-estar.

A ausência das medidas relacionadas ao saneamento básico pode resultar na geração de muitos focos de doenças. Dentro do sistema de saúde pública, cerca de 700 mil internações hospitalares anuais foram causadas por doenças relacionadas à falta ou inadequação de saneamento. Estima-se que 65% das internações em hospitais de crianças com menos de 10 anos sejam provocadas por males oriundos da deficiência ou inexistência de esgoto e água limpa e 34% das ausências de crianças de zero a seis anos em creches e salas de aula devem-se a doenças relacionadas com a total ausência ou precárias condições de saneamento básico (Vargas e Stange, 2010).

O Saneamento básico eficiente nas cidades e a educação sanitária como hábitos higiênicos praticados nas famílias estimulados na comunidade escolar e monitorados pelos agentes de saúde contribuem significativamente para barrar a transmissão de parasitos.

A educação Sanitária é um dever de todos, sendo assim, a comunidade pode ajudar a melhorar as condições do ambiente em que se vive, como por exemplo:

ü   Torne hábito as práticas higiênicas, se interesse pela saúde de seu próprio corpo, não deixando apenas para o médico, o dentista ou educador sanitário cuidar dessa parte;

ü   Não descarte lixo em rios ou nas ruas, o local correto é nas latas de lixo;

ü   Fique atento aos reservatórios do mosquito da dengue, não deixe acumular água parada;

ü   Fique atento nas suas fossas séptica, essa é a forma mais eficiente de tratar o esgoto domiciliar gerado em residências, comércios e outros;

A mudança consciente motivada por necessidades sentidas fará com que pequenos cidadãos cuidem de seu próprio corpo como também do meio em que vivem. Se cada um fizer a sua parte, poderemos contribuir para uma melhor qualidade de vida a